domingo, 23 de março de 2014

Jeannette Wing

Reconheço em Jeannette Wing a grande força inspiradora da ideia de pensamento computacional. A sua visão para a educação no século XXI marcou, e está a marcar, de uma forma decisiva um novo rumo.
Professora de Carnegie-Mellon University, fundadora do Center for Computational Thinking, neste momento on leave na Microsoft Research, contribuiu para a definição que considero mais interessante de pensamento computacional: o processo mental que conduz à formulação de problemas e das suas soluções de tal modo que as soluções são representadas numa forma que um agente de processamento de informação é capaz de tratar.
Os slides acima falam por si.
O projecto, esse sim, é ambicioso, imparável, já está a acontecer neste momento na Inglaterra, por exemplo, vai demorar tempo, e vai encontrar uma forte resistência de muitos professores, que se vão considerar ameaçados por esta nova visão da Informática como disciplina estruturante do pensamento humano.

4 comentários:

  1. De facto há muito pouca gente a pensar...Haverá tempo para pensar?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado por teres lido, Manuel. Há sempre tempo para pensar.

      Eliminar
  2. Sou professor de informática e estou estudando as possibilidades do ensino de programação nas escolas e seu efeito no pensamento computacional.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso é muito interessante. Quem sabe podemos colaborar nesse projecto?

      Eliminar